06 março 2007

Paínho-de-cauda-quadrada: a ave europeia do ano 2007

Paínho-de-cauda-quadrada (Hydrobates pelagicus)

O Paínho-de-cauda-quadrada (Hydrobates pelagicus) é uma pequena ave pelágica (ou seja que se alimenta em mar aberto, distante da costa) de bico curto. Das cinco espécies de paínhos descritas como frequentadoras das águas territoriais de Portugal e Espanha é a mais pequena e a única que nidifica na Península Ibérica.
Esta ave forma colónias localizadas em grutas ou ilhotas livres de ratos visitando os ninhos durante a noite. Alimenta-se de macroplâncton (como crustáceos) e pequenos peixes sendo conhecida dos pescadores pelo hábito de seguir os barcos sobrevoando erraticamente a água a baixa altitude.
Com menos de 5000 casais reprodutores recenseados nas costas ibéricas pertence, juntamente com as pardelas e albatrozes, ao grupo de aves que experimentou um maior decréscimo populacional nos últimos anos. Por este motivo a Birdlife International classificou o paínho-de-cauda-quadrada como ave europeia do ano 2007, numa tentativa de chamar atenção para a urgência de se adoptarem medidas para a sua conservação. O blogue Fauna Ibérica junta-se a este movimento global promovendo este paínho pouco maior que um pardal, dotado de uma resistência excepcional e capaz de enfrentar as situações mais adversas... com excepção do esgotamento dos stocks pesqueiros a nível mundial!

2 comentários:

João Azevedo disse...

Encontrei um hoje em Aveiro.

João Azevedo disse...

Tão lindo.
Peguei nele pois quase não se mexia e levei-o comigo.
Depois de muito reflectir decidi entregá-lo num centro de apoio a animais marinhos. Mal o entreguei disseram-me que era um paínho. Depois de pesquisar na net concluí que era um paínho de cauda quadrada.