15 março 2007

Alcateia de Bragança - época de criação 2005/2006 (3/3)

Fundos de vale preservados, mato impenetrável e extensos pinhais constituem o habitat tipo por deambulam os lobos da Alcateia de Bragança.

Pegada de Lobo-ibérico (Canis lupus signatus) próximo ao local de criação.

(continuação do post anterior)

Discussão e Conclusão

O lobo-ibérico é uma espécie com estatuto de conservação desfavorável em Portugal: segundo o Livro Vermelho dos Vertebrados (ICN, 2006) encontra-se em perigo de extinção. A realização de um censo nacional periódico e o acompanhamento das alcateias ao longo de todo o ciclo anual revelam-se elementos fundamentais para aferir sobre a evolução da população portuguesa deste canídeo selvagem.
No último Censo Nacional de Lobo foi referida a presença da Alcateia de Bragança durante o ano 2002, contudo não foi possível confirmar a sua reprodução. No ano 2003 não foi efectuado o seu seguimento. Assume assim uma maior relevância a realização deste trabalho de campo em que, utilizando uma metodologia semelhante à empregue nesse censo, se confirma pela primeira vez o sucesso da criação desta alcateia no ciclo reprodutivo 2005/2006.
Actualmente encontra-se praticamente concluído o trabalho de acompanhamento deste grupo familiar durante a época de reprodução seguinte (2006/2007) e dentro de alguns meses esses resultados serão novamente apresentados neste blogue. O objectivo final é adquirir o máximo de conhecimento para melhor conservar a espécie e nesse sentido a informação detalhada sobre a Alcateia de Bragança encontra-se desde já disponível para as instâncias oficiais e para as ONG que tem a seu cargo a preservação do lobo-ibérico em Portugal.


3 comentários:

Nádia Bonani disse...

Olá!
Me encantei com seu blog!
gostei de tudo !
Tenho um blog sobre o meio ambiente e gostaria muito de trocarmos links!
Para vir ti visitar frequentemente!
Minha url é www.salveonossoplaneta.blogspot.com
Bjus e esperanças*
Conto com sua visita e opnião!
Nádia Bonani*

Paulo Almeida Santos disse...

rOlá Miguel!
Parabéns por mais este trabalho notável em prol da conservação nacional!
Como sabes, o distrito de Bragança está, no presente, ameaçado por um conjunto de projectos com alto impacto ambiental que prometem invadir, inclusivé, o Parque Natural de Montesinho.
Por isso, espero que os importantes resultados que aqui partilhaste de forma inteiramente altruista, consigam sensibilizar as autoridades competentes, de forma a conservar um dos últimos redutos selvagens do nosso país.
Grande abraço!

Jorge Amorim disse...

Olá Miguel
Parabéns de facto pelo teu trabalho e pelo que tens feito pelos nossos animais (que tão pouca gente respeita, sobretudo o seu habitat...).
Por outro lado, gostava de saber se tens alguma informação sobre alcateias na zona de Arouca (serra da Freita).

Grande abraço

Jorge Amorim