07 novembro 2007

A "indução de galhas" dos Carvalhos

Fotografia de Carvalho-negral (Quercus pyrenaica) repleto de "galhas" nos seus ramos.

Uma das características mais frequentes das várias espécies de carvalhos que surgem em Portugal é a presença de pequenas esferas nos seus ramos e folhas. Estas estruturas, ou "galhas", constituem a reacção da planta a picadas efectuadas por diferentes insectos.
Um dos principais insectos envolvidos é a vespa-das-galhas (Cynips tozae) cuja picada dá origem ao bugalho (a maior das "galhas"). No seu interior são depositados os ovos das vespas e quando estas emergem outros invertebrados podem aí encontrar protecção chegando a reproduzir-se no seu interior.
Este é apenas mais um exemplo do papel fundamental desempenhado pelos carvalhais na preservação da biodiversidade...

2 comentários:

Anónimo disse...

Eu tenho 2 quercus robur com cerca de 40 cm de altura e um deles já tem apresenta uns 10 galhos. Interessante foi ve-los crescer, de inicio parecem uma flor, depois vão ganhando forma até ficarem com a forma e dureza que toda a gente sabe !!Sabia que era a reacção da planta à picada de insectos, só não sabia queo mais comum era a vespa das galhas! - Excelente blog , parabéns - !

dj_mix disse...

Interessante.. realmente.. :o

Tens aqui um blog de mais de 5* ;)