22 fevereiro 2008

Seguimento da Alcateia de Bragança - 2007 (6)

Provável local de reprodução da Alcateia de Bragança em 2007. Ao redor deste vale foram detectados inúmeros indícios de lobo ao longo do período reprodutor.

Quadro 3 - Estações de escuta realizadas durante o Verão e Outono de 2007 e início de 2008 com o objectivo de confirmar a reprodução da Alcateia de Bragança.

video
Vídeo 1 - Vídeo obtido por máquina de filmar automática com recurso a iluminação infra-vermelha, onde se observa um Lobo-ibérico (Canis lupus signatus) da Alcateia de Bragança.
[Para observar o vídeo carregar com o botão direito do rato sobre a seta no canto inferior esquerdo]

(continuação do post anterior)

Resultados
Durante o ano de 2007 e apesar do considerável esforço de campo não foi possível confirmar a reprodução da Alcateia de Bragança. Com efeito o grupo familiar não foi observado directamente, as estações fotográficas automáticas apesar de fotografarem e filmarem Lobos ibéricos adultos (Canis lupus signatus) (vídeo 1) não registaram qualquer cria e nas várias estações de escuta (quadro 3) também não foi possível detectar a alcateia.
Refira-se contudo que segundo os critérios utilizados pelo Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) e o Grupo Lobo a reprodução desta alcateia em 2007 é considerada como provável (in Censo Nacional de Lobo 2002/2003, Anexo B). A presença de uma concentração elevada de dejectos de lobo (14 dejectos em apenas 2 quilómetros) em pleno período reprodutor é sugestivo de tal facto.

(conclusão no próximo post)

6 comentários:

Anónimo disse...

A alcateia de Bragança é formada por quantos elementos?? E é a única alcateia em Portugal??

miguelbarbosa disse...

É difícil dizer neste momento quantos elementos constituem a Alcateia de Bragança. Em Portugal segundo o último Censo Nacional de Lobo deverão existir cerca de 60 alcateias.

Anónimo disse...

60 alcateias?? E estão maioritariamente distribuídas por Tras os Montes? Qual é a situação do lobo ibérico no centro do país??

Anónimo disse...

uma coisa que me deixou preocupado foi a existencia de cães no território do lobo, visto que pode haver um cruzamento entre o lobo e o cão.Não será isso um caso um bocado preocupante?

miguelbarbosa disse...

A presença de cães no território da Alcateia de Bragança é um dado preocupante. Não é expectável contudo um cruzamento entre o lobo e o cão em locais onde exista uma população lupina estável. O mais provável será a predação do cão pelo lobo quando e se esse encontro ocorrer.

Pedro disse...

O video está mesmo fixe( e o blog também) parabens!
Fui passar férias a NISA regressei hoje e houve uma noite que se ouvia uivos!
Eram 4:34 da manhã(eu lembro-me de ver o despertador) e estava toda a gente nas janelas! Eu gosta ria de saber se eram cães selvagens ou uma alcateia que invadiu o alentejo?